10 de fevereiro de 2012

PF Prende 11 Por Fraude, Transferência de Título de Eleitor no DF e Entorno.

A Polícia Federal prendeu nesta quinta-feira 11 pessoas por fraude eleitoral. Elas apresentaram comprovantes falsos de residência com a finalidade de transferir o título de eleitor para o município de Águas Lindas (GO). Segundo o delegado da Polícia Federal no Distrito Federal Victor Campos, as pessoas presas moravam em cidades do DF, em Brasília e no Entorno.

PF

– Foram presas pessoas em Ceilândia, Planaltina, Valparaíso, Brazlândia, no Plano Piloto [área central da capital da República] e também em Águas Lindas [município goiano no Entrono do DF]. Elas estavam tentando transferir o título para Águas Lindas– disse.
Campos disse ainda que as pessoas presas não disseram a pedido de quem estavam transferindo do título, mas que as investigações vão continuar para descobrir os candidatos envolvidos e os cabos eleitorais. “A investigação vai apurar os candidatos e os cabos leitorais que aliciavam os eleitores. Se ficar comprovada a vinculação das transferências com os candidatos, eles serão responsabilizados”, explicou.
Ele disse que a denúncia foi feita pelo Cartório Eleitoral de Águas Lindas que recebeu uma quantidade anormal de pedidos de transferência de títulos e, por causa da fragilidade na comprovação dos endereços, a Polícia Federal foi acionada.
Campos fez ainda um pedido aos eleitores para que não façam a transferência de seus títulos a outra cidade sem estarem residindo no local. “Quando o eleitor apresenta um comprovante de residência falso, ele está incorrendo em crime e são criminalizados tanto o eleitor quanto o aliciador.”
As pessoas presas hoje vão ficar à disposição da Justiça de Águas Lindas, que vai decidir se as pessoas serão liberadas ou ficarão presas.
Este ano serão realizadas eleições para os cargos de prefeito e de vereador nos municípios brasileiros. O prazo para transferência de título eleitoral vai até 9 de maio.